Resenha | Lembra de mim?

O que falar dessa mulher? SOPHIE É RAINHA, diva, lacradora, sem mais!
Me desculpem Jane Costello, Gemma Townley, Robin Benway, vocês são ótimas, mas nunca, nunca vi uma pessoa que é tão excepcionalmente boa no chick-lit igual a Kinsella.

Fonte: Google Imagens

Fonte: Google Imagens

A história é sobre Lexi Smart. Ela desperta após sofrer um grave acidente de carro, pensando que está no ano de 2004, com 25 anos, uma aparência “peculiar” e dentro de um relacionamento com mais baixos do que altos.

Mas, inexplicavelmente, conforme as pessoas que vem lhe visitar apontam, ela está em 2007, tem 28 anos, é chefe do seu departamento, sua aparência que era desastrosa veio a ser incrivelmente transformada para atraente, e ela é casada com Eric, um milionário, que mora num loft maravilhosamente luxuoso.

O que teria acontecido? Estaria Lexi sonhando? Passando férias numa Nárnia inventada pela própria mente?

Continuar lendo

TOP 5 | Julgando Pela Capa

E aí, pessoal? Pode julgar um livro pela capa? Pode! É legal? É! Desde sempre julgamos um livro pela capa, raramente pegamos um com um visual bem “maltratado” e nos arriscamos na leitura, a não ser que ele seja bem indicado por pessoas confiáveis. O “Julgando pela Capa” vem com a função de continuar julgando o livro pela capa, abaixo há 5 edições que eu considero lindas, mas ainda não li.

Julgando

Continuar lendo

Resenha | O Projeto Rosie

E aí, pessoal? Eu sou o novo colaborador do Blog e venho com a intenção de postar resenhas semanais – todas as segundas-feiras – para vocês. Meu nome é Ycaro, tenho 15 anos e, claramente, sou fascinado pela literatura. Enfim, vamos a resenha?!

Título: O Projeto Rosie.
Autor: Graeme Simsion.
Número de Páginas: 320.
Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ()

O Projeto Rosie é um livro que comprei sem compromisso algum. Certa vez o vi em promoção em um site de compras online e, simplesmente, coloquei-o no carrinho de compras. Não sabendo eu a boa carga que estava levando para casa.

Don Tillman não é o tipo de homem que encontramos facilmente nos dias atuais. Com 39 anos, dominador da matemática lógica ou gênio da genética – como preferir -, este peculiar ser humano procura uma mulher perfeita. O leitor é apresentado ao personagem de uma forma inusitada e inovadora e, desde o começo, percebe-se que mesmo sendo um gênio, Don não consegue o mesmo feito em questões sociais, principalmente em relacionamentos.

“Existe alguma coisa em mim que repele as mulheres. Nunca achei fácil fazer amizades e, pelo visto, as mesmas deficiências que causaram esse problema também afetaram minhas tentativas de relacionamentos amorosos.”

Continuar lendo