TOP 5 | Livros que todo mundo AMA, menos EU

Olá gente linda <3

Hoje tô aqui para escrever o post que vai fazer algumas pessoas esfregarem minha cara no asfalto, de verdade. Acho que todos nós, leitores, já nos deparamos com aqueles livros cujos todos os nossos amigos SURTAM ao ler, e quando lemos, ficamos: É ISSO?????

Vou fazer um TOP 5 com os principais, que aconteceram comigo #NÃOMEMATEM

5. Beleza perdida (Amy Harmon)

beleza-perdidaAntes de soltar um: “Nossa, como você consegue não amar essa perfeição?” ou um “Você tem probleminha?”, analisemos: eu não detestei o livro. De forma alguma. A Amy escreve bem, e faz referências cristãs, constrói personagens memoráveis e enredos cativantes. Mas o que pegou, ao meu ver, foi que o enredo MARAVILHOSO, foi mal aproveitado. O motivo? Foco errado.

A capa e a sinopse vendem uma coisa: um rapaz destruído, que deve recomeçar sua vida depois de voltar da guerra sozinho, onde tinha ido com seus amigos mais próximos sob sua influência. Antes ele era popular, e tinha a tão falada “vida perfeita”. Agora não somente está sem rumo como também, deformado. Se a autora trabalhasse nisso, nesses aspectos, MINHA NOSSA, ia ficar espetacular. Mas ela focou no romancezinho, na mocinha que não gosta de ser julgada pela aparência mas tem uma paixonite pelo cara mais gato do colégio.

Touché. Quem me conhece, sabe que adoro livros que abordam essa temática intensa, e esse livro tinha tudo para ser magnífico, mas não, não deu.

Prefiro UM MILHÃO de vezes mais “Infinito+Um” (que, inclusive, foi a primeira resenha que escrevi aqui, para o blog, leia AQUI), da mesma autora, que aborda perdas e recompensas, esse sim, me pegou de jeito ♥

4. A voz do arqueiro (Mia Sheridan)

Fonte: Google Imagens

Fonte: Google Imagens

‘NOSSA, ESSE LIVRO É PERFEITO” , “NOSSA, QUERO O ARCHER PARA MIM”, “NOSSA, O ARCHER É MEU”.

Todo seu. Todinho.

#NãoMeMatem

Esse livro foi tipo, UMA DECEPÇÃO.

Pra quem não sabe, eu trabalho numa livraria (yupi!) e me recordo que, assim que li a sinopse de A Voz do Arqueiro, eu surtei, SURTEI mesmo, do tipo: PRECISO desse livro para ONTEM. Mas estava em pré-venda, para dali à DOZE DIAS, aproximadamente. Então, no caminho de volta para casa, “acidentalmente” esbarrei numa livraria concorrente, e com o que eu me deparo? A-VOZ-DO-ARQUEIRO-MEO-DEOS-PRECISO-DESSE-LIVRO. Plim. Comprei e já comecei a ler no caminho.

A principal motivação foi que, o fato de o Archer – principal da história – ser surdo, me lembrei de “Talvez um Dia” (resenha completa do livro AQUI), que é um dos meus livros favoritos da vida, e então me empolguei loucamente. Mas não foi NADA disso. Não gostei do enredo. Não gostei da narrativa. Não gostei dos personagens. E DETESTEI o desfecho. Nada me cativou. Várias lacunas em branco, coincidências muito “blé” e um final IMPOSSÍVEL, CLICHEZENTO DEMAIS, e meloso demais. E olha que gosto de romance e drama. De uma cotação de 4.6 no Skoob, dei 2.0.

“Toma essa, por comprar na concorrência”

Quem sabe, se um dia eu reunir coragem para fazer uma releitura sem perspectivas de comparação, com relação à outros livros, eu goste um pouquinho. Quem sabe.

3. 8 segundos (Camila Moreira)

Fonte: Google Imagens

Fonte: Google Imagens

Eu não dou sorte com hot nacional. Não dou não dou e não dou.

Minha amiga me vendeu esse livro com as seguinte sentença “O caubói vai te enlouquecer”.

E enlouqueceu mesmo. DE RAIVA!

Pensa num cara que tem corpão de caubói, veterinário, pega tudo e blablablá mas, se comporta pior do que uma mulher. Vou resumir metade das falas dele: mi mi mi mi mi mi mi.

A história em si, não é ruim, tanto que dei 3 estrelas pela evolução incrível da Pietra, como pessoa em todos os aspectos.

Mas o resto, é resto. DETESTEI a escrita. Esdrúxula, mal-feita, comparável aos funks malditos que tiram o sono de um trabalhador na madrugada. “Potranca?” “Cristal?”. NÃO ROLOU NÃO, E EU NÃO PERDOO MESMO. Estou pensando em dar uma chance nova para a Camila Moreira, tive vontade de ler “Minha Melodia”, mas estou pensando ainda.

2. Real (Katy Evans)

Fonte: Google Imagens

Fonte: Google Imagens

Eu nem sei o que falar. De verdade. Esse livro estava em uma das maratonas literárias do ano passado e, me disseram que envolvia música em algumas partes, e então ALOKA daqui vai lá e compra os três de uma vez, com valores relativamente altos, mas nossa, VAI SER LINDO.

SÓQUENÃO.

Não tem enredo. Só um cara que é lutador e se diz “bipolar” devido à infância que teve, e nas crises de bipolaridade contrata uma porrada de prostituta pra transar com ele. E então, numa luta, ele avista uma mocinha que parece ter a *coisinha* premiada e pronto. “VOCÊ É O AMOR DA MINHA VIDA, BROOKE”.

Sem contar que é uma das piores escritas que já li. A cada página a mulher cita mil vezes que está “molhadinha” pelo cara, e o livro inteiro se resume à essa coisa toda. Li o primeiro e fiquei numa fúria tão grande, que peguei os três e doei para uma menina que mora lá em Goiânia e ainda paguei o frete, porque tinha vergonha de ter aquilo na minha estante.

1. After (Anna Todd)

AAAAAAAAAAAAAAARGHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!

Fonte: Google Imagens

Fonte: Google Imagens

Bom, a “história” todo mundo já sabe né?

Garota de 18 anos que se muda para o alojamento da faculdade na qual vai cursar, sempre nerd e certinha, se depara com uma colega de quarto ultra diferente, cheia de tatuagens e piercings, que a chama para uma festa, na qual ela conhece o bad-boy cheio de tatuagens, eles se bicam toda hora, depois começam a se pegar e blábláblá. Touché.

Primeiro: vocês, MINHAS AMIGAS, que me indicaram esse livro, o universo vai dar o troco em vocês. Sério, vão fazer tratamento de sanidade mental.

Segundo: MAS. QUE. MERDA. FOI. ESSA?

Então você achou o relacionamento entre Grey e Ana abusivo em 50 tons de cinza?
Então você achou a Abby mimizenta e o Travis louco em Belo Desastre?
Então você achou a relação entre Bennett e Chloe repentina e sem sentido em Cretino Irresistível?
Então você achou que a Cassie não tem amor próprio e o Ethan super inconstante em Meu Romeu?

VOS APRESENTO TESSA E HARDIN.

Eu posso garantir uma coisa: eu leio relativamente bem, cerca de 15 livros por mês. E a Tessa sempre, sempre vai estar no topo do topo da lista de piores personagens sobre os quais já li. Posso viver 99 vidas, esse lugar vai pertencer unica e exclusivamente a ela.

Que menina IDIOTA, cara.

A garota tem o namorado mais perfeito do mundo, que ela conhece desde criança, sempre a apoiou nos momentos difíceis (que não foram poucos), acompanhou, aos poucos que o sentimento foi se tornando algo mais, ele soube esperar, respeitar e ser cavalheiro com tudo. Paciente, amoroso e dedicado. O QUE A JUMENTA FAZ? TRAI!

Beleza. Ele, como é um amor de pessoa, se dispõe a perdoar e esquecer esse “momento de fraqueza” dela em consideração ao que ainda sente por ela e pela história dos dois. Em um fim de semana ela liga, alegando estar com saudades do conforto que ele traz, então ele vem e dirige 3h pra chegar na cidade dela, pra fazer companhia. O QUE A ESTÚPIDA FAZ? TRAI.DE.NOVO.

E aí o telefone dela toca, onde supostamente Hardin precisa da ajuda dela. Ela nem pisca. Sai correndo do quarto, deixa Noah lá, sozinho e não explica NADA. E ainda tem a audácia de pegar o carro dele emprestado.

Logo, pensamos que, quando ela coloca a cabeça no lugar, se arrepende e fica com consciência pesada. Mas é esse o problema. Ela não tem cabeça. Mula, desprezível.

“Ah Kennia, não exagera, não é pra tanto”. Não, é?
Vou usar as próprias palavras que a Tessa usou:

“A última coisa que quero agora é ver uma mensagem de Noah. Ele deve estar surtando, mas sinceramente, desde que não conte nada para a minha mãe, NÃO ESTOU NEM AÍ”.

Cansei de passar raiva discorrendo sobre isso. A série faz um baita sucesso, mas realmente, do fundo da minha alma, não sei o motivo. A Anna escreve bem, tendo em vista que não larguei o livro, mas cara, N-Ã-O. Definitivamente não. A meu ver, não existe romance ou beleza no que é abusivo.

E esse foi o post de hoje. #NãoMeOdeiem. Opiniões existem para serem expostas. Prometo que na próxima vou ser mais boazinha.

Beijos de luz.

Até mais <333

Kennia Santos

SP, 20. Completamente fissurada em leitura, futebol e Star Wars.

2 comentários sobre “TOP 5 | Livros que todo mundo AMA, menos EU

  1. Jéssica Medeiros disse:

    Kennia, to passada!!! Brincadeira kkkkkk Dos que você falou ai, eu só li o da Camila Moreira… Eu gosto da autora, quer dizer, honestamente tem vezes que me pergunto se gosto dela como autora mesmo ou como a pessoa maravilhosa que ela é com todos. Eu tenho vontade de ler Beleza Perdida exatamente pelo que a sinopse trás: um cara quebrado tentando se reerguer, mas acabo sempre ficando indecisa se compro mesmo. A voz do Arqueiro?? Eu olho pra capa e penso “quero”, mas quando pego ele na livraria…. Nunca levo. E Real eu também não li, minhas amigas super indicam e tals, mas fico sempre “hmmm tá, um dia eu leio ele ai”. After… Mds, eu já não me sentia nada atraída pelo livro e com essa?? Meu Deeeus!! Fala serio!!! Ai é q eu não quero mesmo!!! Se eu ganhar ele de presente de alguém, capaz de fazer com ele o que vocês fez com os livros da Kate Evans kkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta