Resenha | Psicose – DarkSide®

E aí, pessoal? Os amantes, e até mesmo os desprendidos, do gênero terror e horror, conhecem o famigerado Psicose, principalmente pelo filme dirigido por Alfred Hitchcock ou até mesmo pela série Bates Motel, disponível na Netflix. O ícone do horror é sucesso há anos, a cada edição e reformulação é um sucesso diferente.

psicose_1373943361bTítulo: Psicose.
Autor: Robert Bloch.
Número de Páginas: 240.
Editora: DarkSide® Books
Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Apesar da marcante cena do grito na banheira, protagonizado por Mary Crane, o personagem principal da história é Norman Bates, um personagem fabuloso, por sinal. Por volta de seus 40 anos, Norman é apresentado num cenário de beira de estrada, especificamente num motel pouco frequentado e gerenciado pelo mesmo junto à sua mãe.

Do outro lado da história, há Mary Crane. Jovem, aventureira e com seus próprios sonhos. Prestes à casar, a mocinha rouba 40 mil dólares para, de alguma forma, ajudar com os problemas financeiros do seu noivo Sam Loomis. Com o dinheiro em mãos, Mary hospeda-se no ‘Bates Motel’ para, enfim, as conexões da história se desenrolar.

“Eu acho que todos nós somos um pouco loucos de vez em quando.”

É no motel que Bates e Crane se conhecem melhor. Após Norman oferecer alimentação à Mary, a garota é surpreendida em seu banho por uma sombra acompanhada por uma faca, era o fim de Mary Crane, a sua morte.

Resultado de imagem para psicose

Cena clássica do filme Psicose.

Se você considerou o parágrafo anterior um spoiler, não se assuste, isso é apenas o começo do livro, é agora o desenvolvimento.  Preocupados com o sumiço de Mary Crane, o seu noivo e sua irmã decidem iniciar as buscas pela falecida, desde o contrato de um detetive, passando por anúncios na delegacia e indo, em pessoa, ao motel para investigar. Então, é dada a largada à maratona de pura adrenalina.

“[…] Nós não somos tão lúcidos quanto fingimos ser.”

Resultado de imagem para psicose

Psicótico Norman Bates.

Robert Bloch, que autor GENIAL. Durante a história é revelado bem mais detalhes sobre o decorrer da trama e, principalmente, as características de cada personagem (que, para mim, vale mais na leitura que ressaltadas diretamente em uma resenha). A imaginação do leitor é o brinquedo do autor, a qual ele brinca constantemente.

Psicose é um clássico nato do horror. Não é baseado em sustos, mas sim, em construções mentais surpreendentes, personagens incríveis e narrativa impecável. Sem dúvidas, irei assistir o filme e a série brevemente para incrementar meu ‘workshop’. Mais que recomendado!

Ficha Técnica:  Título: Psicose | Autor: Robert Bloch | Editora: DarkSide® | Páginas: 240 | Ano: 2013 | Adicione: Skoob | Compre o livro: Amazon (realizando a compra por este link, você contribui para o crescimento e desenvolvimento do blog ♥).

Até logo, até breve.

Ycaro Santana

Baiano, 15 anos, estudante. Quando não me encontrar lendo, verás uma extensão infinita de outras possibilidades envolvendo a literatura, seja escrevendo, acompanhando adaptações ou buscando novas opções para viver. Permaneço em meu mundo particular e, algumas vezes ando por este planeta chamado Terra.

2 comentários sobre “Resenha | Psicose – DarkSide®

  1. Jéssica Medeiros disse:

    Olha só a coincidência:: na semana passada eu tava falando desse filme/livro/serie com minha amiga (é aquela que ama terror/suspense hahah)… Claro que ela tava super indicando o filme e a serie e obviamente uma indireta de “mê esse livro de presente de aniversario” hahah Adorei a resenha, vou comprar pra ela sim (que ela nunca veja esse comentario ou lá se foi minha surpresa kkkk)

Deixe uma resposta