Resenha | O Vilarejo

E aí, pessoal? Tendo em mente a preparação para o mês do Halloween (outubro), onde pretendo entrar na “vibe” de leituras do gênero terror/horror, decidi me enturmar com o gênero desde já com O Vilarejo, do aclamado Raphael Montes. Sim, é o meu primeiro livro realmente de terror, e confesso que adorei.

O_VILAREJO__1444014362515681SK1444014362BTítulo: O Vilarejo.
Autoras: Raphael Montes.
Número de Páginas: 98.
Editora: Suma de Letras.
Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Raphael Montes divide essa história em 7 “horrendos” capítulos sobre demônios e pecados correlacionados. Obviamente, mantendo como cenário o vilarejo, o autor transforma um minúsculo espaço em uma vitrine de histórias sobre vaidade, ganância, inveja, avareza, entre outros.

.

“O pecado nos mata Anatole. Não importa quanto tempo seja preciso. O pecado nos mata.”

Cada conto nos apresenta algum(ns) protagonista(s), e pode esperar que, apesar da boa história e aparência, nem todos são anjinhos, isso é surpreendente, a capacidade de Raphael Montes de nos persuadir com palavras, entretanto surpreender com os atos.

O Vilarejo é uma reunião de perfeccionismo, sua descrição de gênero: “horror” é outro ponto que não deixa a desejar, pois a obra é repleta da cruel realidade e não usa de super poderes para atingir a alma de cada leitor.

Parte de capa da obra.

É extremamente difícil escolher um conto favorito, mas como fui pego de surpresa posso dizer que o mais chocante foi o conto do Belzebu, representando a Gula, que cena horripilante.

É importante destacar que, além do caprichoso trabalho do autor com uma narrativa impecável e história muito bem amarrada, a editora é outro quesito essencial para a atenção, principalmente visual, do leitor.

P.S.: Desculpem a pequenina resenha, mas pequenos livros exigem pequenas resenhas.

Até logo, até breve.

Ycaro Santana

Baiano, 15 anos, estudante. Quando não me encontrar lendo, verás uma extensão infinita de outras possibilidades envolvendo a literatura, seja escrevendo, acompanhando adaptações ou buscando novas opções para viver. Permaneço em meu mundo particular e, algumas vezes ando por este planeta chamado Terra.

18 comentários sobre “Resenha | O Vilarejo

  1. Bruna Prata disse:

    Minhas últimas experiências com livros de contos foi um completo desastre, principalmente no quesito de terror. Mas, todas as obras do Raphael são extremamente bem recomendadas. Talvez eu dê uma chance a esse livro.

  2. Joicy B. disse:

    Esse livro já está entre os que pretendo ler tem um tempo \o/.
    As opiniões sobre ele são divididas, metade formulou críticas positivas, outra metade fundamentou-se em pontos negativos. Eu pretendo conferir por mim mesma, e tenho certas expectativas, pois a premissa muito me agradou.
    Esses gêneros terror/horror/suspense, em muitos momentos, conseguem ser uma boa leitura, sendo por vezes realistas e impactantes. É bom diversificar de vez em quando =).
    Eu adorei o trabalho que fizeram com a capa, achei muito linda!!
    Espero ficar do lado dos que fizeram críticas positivas e gostar tanto do livro quanto você pareceu gostar ^^.

  3. Naiara Fidelis da Silva disse:

    Faz tempo que quero ler um livro do autor e talvez quando eu for ler seja este.
    Porém eu gosto mas de livros grandes do que pequenos.

  4. Aline Santos disse:

    Oi! Tenho mta vontade de ler o livro e faz tempo…amooo esse gênero, me agrada mto sua resenha e seu ponto d vista sobre a obra, qro mto ler!
    Bjs

  5. Camila Rosa disse:

    Hello, tudo bom?
    Gostei da resenha curta, ótima para instigar a curiosidade das pessoas hahahaha, eu tenho muita vontade de ler os livros do Raphael vi vários elogios, confesso que sou medrosa, mas os contos desse livro me deixaram curiosa para ler, e gente essa capa é muito linda.
    Beijos *-*

    • Ycaro Santana disse:
      Ycaro Santana

      Que bom que gostou, Camila! Estou tentando trabalha em novos métodos de resenha daqui pra frente. Sobre o tema, estou numa árdua batalha para me livrar do medo, acompanhando muitos filmes, séries e livros do gênero.

  6. Jéssica Medeiros disse:

    Não sou fã de terror ou suspense pesado, nem nada disso… Mas, olha, tá aí uma ótima indicação do que eu posso dar de presente pra minha amiga que ama livros assim hahaha Já percebi que ela vai amar!!

Deixe uma resposta