Resenha | Namorado de Aluguel

Oi gente, vocês estão bem?

Hoje vou resenhar um livro que é o EPÍTOME DA FOFURA.

Fonte: Google Imagens

Fonte: Google Imagens

Gia Montgomery é uma das garotas-prodígio no colégio: além de popular, é inteligente, anda com as pessoas mais badaladas, é presidenta do grêmio estudantil, uma família diante dos olhos de todos extremamente perfeita e tranquila. Visto isso, há toda uma reputação a zelar, até que… Um desastre acontece.
Seu namorado termina a relação e a abandona no estacionamento do salão do baile. Como proceder? Como a garota prodígio pode aparecer sem um par no baile de formatura? Prestes a entrar sozinha, ela avista uma caminhonete e enxerga um garoto sentado no veículo, lendo. Isso mesmo, LENDO.
Depois de muita conversa e persuasão, ela o convence a ser seu namorado postiço, não apenas para evitar uma entrada sozinha, mas também para provar para suas amigas que Bradley (seu ex) existia sim, afinal nenhuma delas o conhecia e duvidavam da sua existência pelo fato de ele ser um universitário. O problema é que o estranho é mais do que Gia poderia ter imaginado. Ele a olha de forma diferente, a trata de forma diferente, e pra completar, atua ridicularmente bem. Como pode um estranho, em questão de horas, fazê-la experimentar mais emoções do que Bradley, em meses?

“Levanta a cabeça. Tem outros peixes no mar. O oceano é imenso. Às vezes a gente precisa pescar e devolver alguns antes de achar aquele que vale a pena manter. Continue nadando. Só isso.”

No dia seguinte, encontra-se intrigada. Porque, ao invés de acordar e querer chorar e se esconder do mundo pelo término, os olhos do estranho não saem de sua mente…
Com muito a decorrer, ela descobre que a irmã do garoto (com quem ele foi conversar por minutos no baile de formatura) estuda na mesma classe que ela em algumas matérias, e não permite de forma alguma que Gia se aproxime de seu irmão, alegando que o mesmo já foi ferido anteriormente e que não quer garotas como Gia, superficiais, mimadas e metidas perto de pessoas como eles.

Após um reconhecível esforço, ela consegue entrar em contato com o garoto, e mesmo com os limitados encontros e conversas, Gia percebe que ambos têm mais semelhanças do que poderia imaginar, e que ele a faz se sentir completamente despida de todas as máscaras de perfeição que ela veio moldando com o decorrer dos anos, durante toda sua vida.

“Raramente encontramos profundidade quando a procuramos dentro de nós mesmos. A profundidade é encontrada no que podemos aprender com as pessoas e as coisas que nos cercam. Todo mundo, todas as coisas, têm uma história. Quando você conhece essas histórias, descobre experiências que a preenchem, expandem sua compreensão. Você acrescenta camadas à sua alma.”

Estaria Gia, se sucumbindo de todas as suas máscaras e deixando a luz entrar?

Image
Um livro fofo, fofo, fofo. Não espere AQUELE DRAMALHÃO, cenas picantes, nem nada do tipo, porque não vai encontrar. Pode ser definido numa palavra: singelo.

Aborda o ambiente juvenil de forma realista, mostrando todos os pensamentos e preocupações de pessoas com essa idade. Pra quem já é adulto, pode até irritar em determinadas cenas, eu mesma revirei os olhos algumas vezes, mas não tem como cobrar uma imensa maturidade de pessoas que não tiveram base pra isso e, definitivamente não cresceram num ambiente que lhes ensinasse isso. A Gia é uma adolescente previsível diante dos parâmetros expostos, mas quando ela começa a sua aproximação com o DDB (quem ler entenderá) percebe-se que é uma personagem falha assim como qualquer outro ser humano, mas o que a difere é a capacidade de reconhecer o que é ruim e a disposição de correr atrás para melhorar. Uma outra personagem que vale destaque é a Bec irmã do DDB, que a princípio é muito irritante, mas com o passar da história, você a entende de forma mais explícita e ela se torna, de certa forma, um exemplo.

Namorado de Aluguel-Kasie West-Verus Editora-MLNET

Tem risadas sim, ah tem. A forma de expressão dos personagens nos faz rir, e nos perguntar “NÃO É POSSÍVEL, EU JÁ PENSEI ASSIM???” (Pois é, independente do quanto você cresceu em um ambiente variável, você já pensou pelo menos de UMA forma abordada no livro. HAHAHAHA)

E mesmo com tudo isso, têm uma mensagem do tipo lição de moral tratada nele, um tanto polêmica que, apesar de tratada com singularidade, choca a pessoa que lê e a faz se colocar no cenário citado e pode acabar se encaixando nos sinais apontados…

Um ótimo livro, leitura rápida para passar o tempo, te deixa exalando aquele ar de fofura, nos provando que nem sempre aquilo que achamos que precisamos na vida é o necessário. Às vezes, do que realmente precisamos, é AQUELE puxão de orelha e quem tire a venda que você colocou em si, abrindo seus olhos pra novos horizontes e opções, encontrando não só a felicidade no meio do caminho, mas a paz interior.

Título: Namorado de aluguel | Autora: Kasie West | Editora: Verus | Páginas: 250.

Participe do Top Comentarista de Maio e concorra ao livro Mentira Perfeita, autografado pela autora, Carina Rissi  😀  | Clique AQUI e saiba como participar!

ecdd2cf48813e1dbc7fbe60ebd26f86a

Kennia Santos

SP, 20. Completamente fissurada em leitura, futebol e Star Wars.

15 comentários sobre “Resenha | Namorado de Aluguel

  1. Maria Fernanda Pinheiro disse:

    Me apaixonei pela premissa do livro, parece ser bem fofo e leve, amo livros juvenis, que mostra como as adolescentes hoje em dias pensam … mesmo sabendo que as vezes ficarei bem irritada com algumas cenas imaturas, mas quero muito ler para conhecer melhor a história, e principalmente saber o que é DDB, fiquei curiosa

  2. Jéssica Medeiros disse:

    Quem me conhece sabe que eu sou o tipo de pessoa que compra pela capa e titulo <3 "Namorado de Aluguel" já estava na minha lista de compras e depois dessa resenha fofa, quero com ainda mais urgência, sem falar que to bem curiosa pra ver como esse romance vai acontecer com uma personagem mimadinha rsrsrsrs

  3. Aline Santos disse:

    Oiie!
    Esse livro tá tão bacana! Não vejo a hora de ler!
    Tô mto curiosa pra saber mais detalhes dos personagens e saber o que vai acontecer com eles…
    Bjs!

  4. Lary lima disse:

    Realmente muito fofo faltam pessoas como ele no dia a dia suspiros por esse moço eu tbm se fosse irmã dele não queria que ele fosse magoado ainda mas por uma pessoa que Vive de aparência rs ser deixada no meio do baile não e fácil kkkkk mas parece que esse mal veio para o bem né parece ser uma leitura muito gostosa a resenha fez com que isso ficasse bem claro gostei bastante bjs

  5. Marlene Conceição disse:

    Oi.
    Interessante a premissa do livro, bom essa capa é muito intrigante, mas infelizmente esse não faz meu tipo de leitura, muito clichê e previsível, ja li algumas outras resenhas a respeito e sinceramente não me aventuraria.
    Não gosto quando os personagens são adolescentes e tem todo aquele drama desnecessário e tudo mais.
    Boa Noite.

    • Sawyer disse:
      Sawyer

      Oi 🙂
      É inteligente da sua parte assumir que não faz seu tipo e não ler, porque conheço pessoas que lêem sabendo que não é o tipo delas e gostam de lançar críticas sem fundamento :s

  6. Flávia Pachêco disse:

    Quero, quero e quero! Haha Simplesmente amo livros nesse estilo! Já está a um tempinho na minha listinha, haha. É bom quando sabemos o que vai acontecer, e mesmo assim o caminho até lá é tão gostoso. É o tipo de livro que já me conquista desde o título e capa haha Além disso só leio resenhas boas! Só vou tentar não ficar com tanta expectativa pra não me decepcionar, haha

  7. crisdesouza disse:

    Olá….
    Que resenha incrível… Se eu já estava com vontade de ler o livro, agora fiquei mais ainda!!! Gostei de você ter classificado o livro como ‘singelo’… Faz bem o tipo de leitura que eu gosto… Um romance leve sem dramalhão ou cenas picantes… rsrs… Espero conseguir lê-lo em breve…
    Beijinhos…

Deixe uma resposta