Filme | Tropa de Elite (2007)

Oi pessoal, prontos para mais uma terça clássica?

Poster oficial - Fonte: Google Imagens

Poster oficial – Fonte: Google Imagens

O filme de hoje é um dos melhores filmes, senão o melhor, brasileiros de todos os tempos: Tropa De Elite (2007) do famoso diretor José Padilha (Narcos) e conta a história do Capitão Nascimento (Wagner Moura) em 1997 mostrando o dia-a-dia do grupo de policiais e do Capitão do BOPE, que quer deixar a corporação e tenta encontrar um substituto para seu posto. Paralelamente dois amigos de infância se tornam policiais e se destacam pela honestidade e honra ao realizar suas funções, se indignando com a corrupção existente no batalhão em que atuam.

Padilha e Braulio Mantovani (o outro roteirista) usaram aqui um recurso que eu amo e inclusive já falei aqui, vai mostrando o passado pra explicar o presente. O filme se passa 3 meses antes da visita do Papa João Paulo II e mostra todos os eventos que acontecem dentro da polícia carioca, e mais importante do BOPE, e como tudo isso pode influenciar na operação para manter o pontífice em segurança. O roteiro é muito bem conduzido e a direção de Padilha é impecável, sem escrúpulos nenhum.

Tropa De Elite - Fonte: Tumblr

Tropa De Elite – Fonte: Tumblr

Tropa De Elite - Fonte: Adoro Cinema

Tropa De Elite – Fonte: Adoro Cinema

Outra coisa que eu adorei no filme é: você não se apega a personagem nenhum, pelo contrário, você tem momentos de amor e ódio, como é o caso com o Capitão Nascimento e o aspirante Matias, mas tem outros que você simplesmente odeia mesmo. Uma forma de fazer você entender bem o filme é a narração feita por Wagner Moura durante o longa, é como se você tivesse vendo o filme do ponto de vista dele e não do seu, de modo que você não pode se desligar nenhum momento (não que você consiga).

Tropa De Elite - Fonte: Adoro Cinema

Tropa De Elite – Fonte: Adoro Cinema

Tropa De Elite - Fonte: Adoro Cinema

Tropa De Elite – Fonte: Adoro Cinema

Uma coisa que é importante pontuar, apesar de ser um clássicão do cinema brasileiro, não recomendo para que tem estômago fraco, já que o filme conta com muitas cenas de tortura (física e psicológica), violência e morte explícitas, realmente não é algo para romantizar o BOPE. Não, aqui eles mostram mesmo que quando a polícia de elite sobe o morro,“é pra matar e não pra morrer”, afinal missão dada é missão comprida, certo?

Tropa De Elite - Fonte: Tumblr

Tropa De Elite – Fonte: Tumblr

Tropa De Elite - Fonte: Adoro Cinema

Tropa De Elite – Fonte: Adoro Cinema

Apesar do filme ter saído “acidentalmente” antes do tempo, por conta da pirataria (alguns dizem que foi marketing), isso ajudou e muito em sua explosão e o ajudou a conquistar alguns prêmios como:

Urso de Ouro (Festival de Berlim, 2008) – Melhor Filme

Tropa De Elite - Fonte: Tumblr

Tropa De Elite – Fonte: Tumblr

Grande Prêmio Vivo do Cinema Brasileiro (2008) – Melhor direção (José Padilha), melhor ator (Wagner Moura), melhor longa-metragem nacional, dentre outros nesta mesma premiação. 

Tropa De Elite - Fonte: Tumblr

Tropa De Elite – Fonte: Tumblr

Tropa De Elite - Fonte: Adoro Cinema

Tropa De Elite – Fonte: Adoro Cinema

Claro, não da pra falar de Tropa De Elite, sem falar da trilha sonora, que aqui são marcadas pelo pancadão Rap das Armas (MC Júnior & MC Leonardo com part. da Bateria da Rocinha):

E Tropa de Elite do Tihuana:

E aí galera? Gostaram do post? Conta aí pra mim e até a próxima terça, beijos <3

Participe do Top Comentarista de Maio e concorra ao livro Mentira Perfeita, autografado pela autora, Carina Rissi  😀  | Clique AQUI e saiba como participar!

Mentira Perfeita 3

Fernanda França

Fernanda, 19 anos, libriana, praiana e futura jornalista. Apaixonada por escrita, cinema, leitura, playlists, um sorriso aí e fã de Taylor Swift.

14 comentários sobre “Filme | Tropa de Elite (2007)

  1. Vivian Rocha disse:

    Oi Fernanda!
    Sem duvida foi um dos melhores filmes brasileiros, inclusive é o vencedor de bilheteria daqui. Foi um trabalho muito bem feito tanto pelos autores como produtores. A trilha sonora tbm ´perfeita para o filme!
    Bjs

  2. Lary lima disse:

    Olá, Nossa o que falar desse filme que mostra a realidade dos morros da vida de policiais das universidades do Brasil né! Ele me fez rir em algumas partes mas é triste e muito sério o jeito do capitão nascimento De lidar com criminalidade de achar uma pessoa que possa oculpar seu cargo sem ser um “muleke” realmente e um filme pra quem tem estômago forte pois as cenas são fortes e muito realista e um filme brasileiro incrível. Resenha muito Boa bjs

    • Fernanda França disse:
      Fernanda França

      Oi Lary! Realmente, o filme possui cenas muito fortes (como a do microondas), mas acredito que quando um diretor e um roteirista querem essa proposta de chegar mostrando, a violência (se necessária) deve ser mostrada mesmo. Fico feliz que tenha gostado do post, beijos <3

  3. Aline Santos disse:

    Olá Fernanda!
    O filme apesar de chocante, é mto, mto bom!
    Eu gostei dmais! Já vi os dois, e confesso que me surpreendi mto por ser nacional, mostra bem a realidade do nosso país realmente!
    Bjs!

  4. crisdesouza disse:

    Olá…
    Apesar de ser um filme um tanto quanto pesado por conta da realidade que é retratada nele, é realmente um dos melhores filmes nacionais… Não é a toa que fez tanto sucesso…
    Amei o post…
    Beijinhos

  5. Jéssica Medeiros disse:

    Até hoje não tinha assistido a esse filme e logo que eu tava me animando pra finalmente assistir você diz “não recomendo para pessoas de estomago fraco”…… Vou deixar Tropa de Elite pra próxima vida mesmo kkkkkk

    • Fernanda França disse:
      Fernanda França

      Oi Jéssica! Hahaha sabe quando você vai em um parque e tem aqueles avisos “não recomendável para grávidas, pessoas com problemas cardíacos e etc”? Então hahaha mas já que você se interessa tanto pelo longa, respira fundo e fecha os olhos e vai que vai, beijos <3

  6. Marlene Conceição disse:

    Oi.
    Eu amo de paixão esse filme, Capitão Nascimento é um personagem ótimo mas como você comentou temos uma relação de amor e ódio, por diversas vezes sentir uma vontade imensa de ralar a cara dele no asfalto, mas em compensação ele é ótimo como personagem.
    Boa Noite.

  7. Flávia Pachêco disse:

    Nunca tinha parado pra pensar por esse lado! Quando eu assisti esse filme eu odiei, não tive estômago pra assistir inteiro, hahahaha, mas isso porque eu era mais novinha e não me atentei para as questões sociais envolvidas nele! É bem legal quando esses assuntos são tratados, pena que meu estômago continua fraco pra essas coisas 🙁 Hahaha

Deixe uma resposta