Resenha | Amor Amargo

E aí, pessoal? Amor Amargo não é uma leitura fácil, mas vale cada palavra presente na obra. Mesmo com altas expectativas depositadas nesta leitura, a genialidade da Jennifer Brown – e a forma como ela cria um cenário espetacular para narrar Amor Amargo – superou tudo o que era esperado.

1249-20150728134547Título: Amor Amargo.
Autora: Jennifer Brown.
Número de Páginas: 256.
Editora: Gutenberg.
Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (♥)
.

Nesta obra conhecemos Alex, uma menina sonhadora e com um propósito em sua vida: conhecer o Colorado, juntamente com seus amigos Zach e Bethany, para extinguir todas as dúvidas sobre o sumiço da sua mãe (não é spoiler). Atualmente, Alex vive muito bem, com os seus estudos em dia, um emprego fixo e amigos para toda a vida mas, às vezes, ela é pega refletindo sobre a atual situação do seu pai, um homem muito calado, pós-partida de sua mulher.

“Naquele exato momento, aos 8 anos de idade, eu sabia. Sabia – assim como sabia que jamais tiraria o apanhador de sonhos do pescoço – que um dia iria ao Colorado, para onde a mamãe tinha tentado ir.”

Tudo é bem rotineiro, o que deixa a leitura bem leve e com uma pegada adolescente, acompanhamos as discussões entre irmãs, os planos sobre o Colorado, as brincadeiras na escola, os poemas, até um garoto novo chegar na escola (do tipo galã) e mudar completamente o clima do livro, o nome dele é Cole.

Como uma menina estudiosa, Alex é uma espécie de professora de reforço escolar na própria escola onde estuda. De início ela ensina à Zach, mas com a chegada de Cole, o mesmo é transferido para a sala pessoal de Alex, como diz um ditado popular “todo começo é difícil”, é o que acontece na relação de professora-aluno.

Amor Amargo.

Em alguns dias, o contato entre Alex e Cole é ainda maior e um clima de romance começa a pairar entre eles. A cada aula, o envolvimento entre os dois fica maior e mais perceptível, o que desencadeia um romance, de inicio muito belo, repleto de carinho (e tudo mais de necessário para um relacionamento perfeito).

“Ele piscou para mim, e, de repente, fui tomada por uma onda de ousadia. É para isso que vivemos, não é? falei para mim mesma. Para nos arriscar. Para encarar nossos medos. Não para ser como papai – uma pessoa vazia que voa de um lado para o outro ao sabor do vento, sem lugar algum para pousar. Vivemos para ficar no caminho de alguém vindo a toda velocidade. Para ficar no topo de um vertedouro. Para pular portões com placas de perigo. “

Porém, o galanteio de Cole não é sempre de forma educada, o garoto se torna possessivo por Alex e faz de tudo para ver a garota livre do que ele considera como ameaça, a angústia surge não só nos personagens, como também no leitor. Amor fora do controle!

Jennifer Brown e seus dois livros publicados no Brasil.

Jennifer Brown é sensacional. Ela quer e faz você passar por todas as sensações possíveis, desde as mais frágeis às mais brutais. De uma forma avassaladora, a leitura dessa obra é uma montanha-russa, mas não tenha medo de se aventurar.

Quanto mais as páginas passam, mais difícil fica para você tomar uma decisão: de que lado você vai ficar? Você vai entender tudo isso? Você pode tentar, mas sempre haverá um desvio, uma raiva acumulada, uma tentativa de mudança, inclusive, o arrependimento.

“O amor pode ser bonito, mas também pode ser feio. O amor pode ser doce, mas também pode ser amargo.”

É preciso se envolver 100% na leitura para tentar entender o que passa pela mente de todos os personagens. Quem nunca sofreu com um relacionamento abusivo pode tentar, mas nunca irá saber o que é e como proceder. Leitura mais que recomendada.

Até breve, até logo.

Participe do TOP Comentarista de Abril clicando AQUI para concorrer a um Box com a Trilogia Legend!

Legend

Ycaro Santana

Baiano, 15 anos, estudante. Quando não me encontrar lendo, verás uma extensão infinita de outras possibilidades envolvendo a literatura, seja escrevendo, acompanhando adaptações ou buscando novas opções para viver. Permaneço em meu mundo particular e, algumas vezes ando por este planeta chamado Terra.

18 comentários sobre “Resenha | Amor Amargo

  1. crisdesouza disse:

    Olá…
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas achei super interessante… Com certeza lerei “Amor Amargo” para conhecer um pouquinho mais de Alex, seu relacionamento com Cole e para finalmente descobrir se ela realizará esse sonho de chegar ao Colorado…
    Beijinhos

  2. Maria Fernanda Pinheiro disse:

    Jennifer Brown tem o poder de superar expectativas, li essa obra pelo comentário da Pam que tem na capa, me surpreendi a cada pagina, a autora nos faz se sentir amigos dos personagens que cria, que são bem desenvolvidos, é meio difícil escolher um lado, mas indico muito, leiam ! trama maravilhosa

    • Ycaro Santana disse:
      Ycaro Santana

      Maria, é tão bom conhecer alguém com mesmos pensamentos sobre um livro impactante como esse ♥. Conheci pela Pâm também e não podia gostar mais, ela nos envolve numa trama esplêndida e nos dá um poder de decisão. Muito bom!

  3. Aline Santos disse:

    Oi!
    Qdo vi a capa imaginei outro tipo de história, mas me surpreendi!
    Adorei a história de Alex e pretendo em breve conhecer mais detalhes!
    Bjs!

  4. Vivian Rocha disse:

    Oi Ycaro tenho o livro, mais ainda não li. Todas as resenhas que leio sobre ele são sempre cheias de elogio como sua tanto pela escrita da autora como pelos temos polêmicos que ela escreve, sendo tudo muito bem estruturado. Ainda não tive o prazer de ler esse livro, mas espero que arranje tempo para lê-lo logo.

  5. Rissia Ribeiro disse:

    Cara, você deu cinco estrelas então acho que esse livro vale a pena mesmo. Eu lembro que quando ele lançou foi um burburinho sobre a história mas depois de um tempo eu esqueci do que falava o livro e agora com a sua resenha eu finalmente lembrei porque se ele ter feito o sucesso. Gostei da resenha e obrigada por ter me lembrado esse livro, ele vai pra lista.

Deixe uma resposta