Filme | Uma Linda Mulher (1990)

Olá pessoal, como estão? Hoje tem terça clássica de novo!

Poster oficial - Fonte: Google Imagens

Poster oficial – Fonte: Google Imagens

O filme de hoje é aquele clássico amorzinho, isso mesmo, Uma Linda Mulher (Pretty Woman), que é até um crime nunca ter assistido. O filme conta a história de Edward Lewis (Richard Gere), um magnata perdido que pede ajuda à prostituta Vivian (Julia Roberts) que “trabalha” no Hollywood Boulevard e acaba contratando-a por uma semana. Neste período ela se transforma em uma elegante jovem para poder acompanhá-lo em seus compromissos sociais, mas os dois começam a se envolver e a relação patrão/empregado se modifica para um relacionamento entre homem e mulher.

Continuar lendo

Desafio | Vedatona!

Oi pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim, já estava com saudades de postar aqui no blog. Preciso pedir desculpas por ficar ausente nas duas últimas quartas-feiras, infelizmente ocorreram alguns imprevistos mas, agora está tudo resolvido .

Hoje venho anunciar que irei participar da Vedatona, uma Maratona LiteráriaYeeeeey – com duração de uma semana – veio em um ótimo momento, preciso colocar minhas leituras em dia -. Continue lendo para saber como vai funcionar…

Vedatona

Continuar lendo

Filme | Tara Maldita (1956)

E aí pessoal, preparados para mais uma terça clássica?

O filme de hoje é “Tara Maldita” (The Bad Seed) de 1956, baseada no livro “Menina Má” de Willam March. O filme conta a história de Rhoda (Patty McComarck), uma criança de 8 anos que é egoísta e mentirosa e, apenas sua mãe Christine Penmark (Nancy Kelly), parece saber quem é realmente sua filha, enquanto a menina engana todos à sua volta.

Pôster Oficial – Fonte: jayricoreviews.com

Continuar lendo

Resenha | Amor Amargo

E aí, pessoal? Amor Amargo não é uma leitura fácil, mas vale cada palavra presente na obra. Mesmo com altas expectativas depositadas nesta leitura, a genialidade da Jennifer Brown – e a forma como ela cria um cenário espetacular para narrar Amor Amargo – superou tudo o que era esperado.

1249-20150728134547Título: Amor Amargo.
Autora: Jennifer Brown.
Número de Páginas: 256.
Editora: Gutenberg.
Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (♥)
.

Nesta obra conhecemos Alex, uma menina sonhadora e com um propósito em sua vida: conhecer o Colorado, juntamente com seus amigos Zach e Bethany, para extinguir todas as dúvidas sobre o sumiço da sua mãe (não é spoiler). Atualmente, Alex vive muito bem, com os seus estudos em dia, um emprego fixo e amigos para toda a vida mas, às vezes, ela é pega refletindo sobre a atual situação do seu pai, um homem muito calado, pós-partida de sua mulher.

Continuar lendo

Resenha | Twittando o Amor

E aí, pessoal? Twittando o Amor me conquistou por essa capa extremamente fofa e, claro, pelo envolvimento com a minha rede social favorita: o Twitter  (falando nisso, vocês já acompanham o blog por lá? Clique AQUI para seguir). Após uma ressaca literária, escolhi esse livro da Teresa Medeiros, por ser um livro fino e de temática leve, para uma tentativa de voltar ao mesmo ritmo de leitura, mas não aconteceu o esperado.

download (1)Título: Twittando o Amor.
Autora: Teresa Medeiros.
Número de Páginas: 202.
Editora: Novo Conceito.
Avaliação: ♥ ♥

Twittando o Amor conta a história de uma escritora em decadência. Abigail Donovan escreveu seu romance de estréia há alguns anos e se tornou viral entre o mundo literário, o que lhe proporcionou uma encontro com a Oprah e uma indicação ao Prêmio Pulitzer (prêmio norte-americano outorgado a pessoas que realizem trabalhos de excelência na área do jornalismo, literatura e composição musical).

Continuar lendo

Resenha | Uma noite com Audrey Hepburn

Fonte: Google Imagens

Fonte: Google Imagens

Libby Lomax sempre viveu às sombras. Na família, na carreira, no amor… Seu pai largou a mãe para se dedicar à um livro. Sua mãe passou a não se importar com ela dando foco apenas à carreira cinematográfica de Cass – sua irmã mais nova, linda, loira, e com corpão -. E Cass… bem, Cass só tem tempo para si mesma.
Quando, milagrosamente Libby consegue um papel bem peculiar, disfarçada de alienígena verruguento com UMA (sim, UMA!) milagrosa fala durante a filmagem, ela começa a ter esperanças de que sua carreira de até então, atriz fracassada, possa decolar. Então, ela descobre que o astro Dillon O’Hara também estará presente – o modelo maníaco, famoso, tudo de bom – é conhecido por suas noitadas com mulheres e eventos de suma importância no mundo da fama.
Libby o aborda sem querer, de forma muito, muito desagradável para uma primeira conversa, e quando ela acha que não pode piorar… bom, piora.

Sabe aqueles dias que NADA dá certo, NADA?

É então que acontece…

Continuar lendo