Resenha | Extraordinário

August Pullman, tem só 10 anos, mora com seus pais, sua irmã e sua cadelinha. Desde que nasceu, ele passou por diversas cirurgias e como consequência do enorme tempo que ele passou se recuperando, ele nunca foi a escola. August ou Auggie, nasceu com uma doença rara. Trata-se de uma síndrome genética que lhe causou uma séria deformidade no rosto, quando ainda estava no útero de sua mãe, somada a sabe-se-lá-o-quê que a ciência não sabe nomear…

naojulgue

“Os olhos dele ficam cerca de dois centímetros abaixo de onde deveriam, quase no meio das bochechas. São caídos, formando um ângulo acentuado, quase como se alguém tivesse aberto duas fendas diagonais em seu rosto, e o esquerdo é claramente mais baixo que o direito. E são esbugalhados, porque as cavidades oculares são pequenas demais para comportá-los. As pálpebras superiores ficam sempre meio fechadas, como se ele estivesse adormecendo. As inferiores são tão caídas que até parece que um fio invisível as puxa pra baixo: dá pra ver a parte interna, vermelha, como se a pele estivesse do avesso.”

Continuar lendo